A mágica do laser de CO² fracionado

0
Criado em 14 de Maio de 2013 Cuidar
A- A A+

Por Dra. Adriana Lemos (CRM - 32011)*

 
Como é possível uma mesma tecnologia conseguir combater estrias, flacidez no corpo, manchas, rugas, poros dilatados, cicatrizes de acne no rosto, além de alguns tipos de lesões como “verrugas” e até mesmo melhorar o aspecto de cicatrizes cirúrgicas?
O segredo é o laser de CO² fracionado, um procedimento em que são emitidos microfeixes de luz que “danificam” a pele em microcolunas, a fim de estimular a sua reestruturação (cicatrização). Assim, as células mais profundas da pele são ativadas a produzirem novas fibras de colágeno, responsáveis pela sustentação e pela firmeza da pele.
Por meio dessa tecnologia, as camadas mais superficiais da pele são estimuladas a se renovarem, eliminando manchas, principalmente, pela radiação ultravioleta que recebemos ao longo dos anos, através da exposição solar.
Isso somente é possível porque os novos equipamentos de laser de CO² fracionado são superpulsados e ultrapulsados, como o DualDeep®, AcuPulse® e Sellas II®, conseguindo atingir a pele de uma forma superficial e profunda, em uma mesma sessão, com muita precisão e maior segurança.
O avanço da dermatologia estética (cosmiatria) vem ao encontro da busca constante das pessoas pela beleza e pelo bem-estar, e os novos aparelhos superpulsados e ultrapulsados de laser de CO² fracionados participam, em muito, dos resultados que cada um deseja para si.
Foto: Divulgação
 
Dúvidas frequentes:
 
Quantas sessões são necessárias e qual o intervalo entre elas?
Em média duas sessões, com intervalos em torno de 45 dias.
 
O tratamento é doloroso?
Geralmente, a aplicação do laser é bem tolerada pelos pacientes. Utilizam-se desde cremes anestésicos até uma sedação superficial, conforme a necessidade, pois quanto maior a profundidade do tratamento maior o desconforto.
 
Quanto tempo dura cada sessão?
Cerca de 20 a 40 minutos.
 
Qual o tempo de recuperação?
A pele apresenta inchaço e vermelhidão no dia seguinte e, depois, escurece, descamando em seguida. Não há dor nessa fase. Esse processo demora, aproximadamente, de cinco a sete dias.
 
Os resultados são observados após quanto tempo?
Logo na primeira semana, depois da descamação da pele, a superfície cutânea já melhora, tornando-se mais lisa e luminosa. A firmeza e a elasticidade vão melhorando gradativamente a partir da terceira semana até o quarto mês após a sessão. A melhora da pele é acumulativa, dependendo do número de sessões realizadas.
 
Qual região do corpo pode ser tratada com laser de CO² fracionado?
Praticamente todas as regiões do corpo, sendo mais utilizado na face, pescoço, colo, mãos, antebraços e nas áreas com estrias.
 
Quais as principais contraindicações?
Gestantes, lesões cutâneas inflamatórias ou infecciosas na região a ser tratada e pacientes em uso de isotretinoína oral.
Foto: Divulgação
 
 
*Membro da Academia Brasileira de Dermatologia, da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia e diretora administrativa da Clínica Yaga Laser & Cosmiatria – adriana@yaga.com.br.



AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de Revista Mais. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Revista Mais poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.