Atualmente, estamos vivendo mais e melhor

0
Criado em 15 de Junho de 2012 Cuidar
A- A A+

 POR Consolação Resende

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no período de 1980 e 2010, a expectativa de vida da população brasileira aumentou mais de 11 anos, chegando a 73 anos, cinco meses e 24 dias. No entanto, homens e mulheres diferem nos números: as brasileiras vivem mais do que os brasileiros. Em 2010, a expectativa de vida delas era a de 77,32 anos, enquanto a deles era 69,73 anos.

Considerando a expectativa de vida dos do IBGE aponta uma melhora entre 1980 brasileiros de 60 anos de idade esperavam viver em média até os 81,39 anos, em 1980 a expectativa era a de 76,39 anos. Por sexo, os homens nessa faixa etária esperavam viver até os 75,17 anos em 1980, e a expectativa passou para 79,63 anos no ano passado. Entre as mulheres, a expectativa no período passou de 77,63 para 82,97 anos.

PREVENÇÃO

Esses dados refletem diversas mudanças de comportamento ligadas à saúde dos brasileiros. Ouso dizer que a principal de- las é a prevenção como melhor opção para uma vida saudável. Quanto mais cedo começar a se prevenir, mais saúde a pessoa terá pela frente e mais fácil será tratar de doenças que ainda estão em estágio inicial. Por exemplo, a medicina tem hoje uma especialidade chamada geriatria, que algumas pessoas acreditam ser específica para idosos, mas, na verdade, seu objetivo é tratar o processo de envelhecimento.

Falando em prevenção, o corpo humano avisa que as coisas não vão bem: uma dorzinha de cabeça, um resfriado, uma fisgada no peito podem não significar nada. Mas é importante checar para que uma doença não se instale.

A sabedoria popular já dizia que "é melhor prevenir do que remediar". Sendo assim, fique de olho em sua saúde: ela é o seu bem mais precioso. Antigamente, ir ao médico era sinônimo de estar doente.

mais idosos, o estudo e 2010. Em 2011, os

Mais do que cuidar da saúde, as consultas com o médico ajudam a prevenir doenças e tratá-las a tempo.

SAÚDE PÚBLICA

As políticas públicas de saúde sempre trataram a doença. Hoje, notamos que o viés está mudando, pois já se percebeu (e muitos estudos comprovam isso) que gastar com prevenção evita despesas futuras com tratamentos. Assim, os médicos estão orientando seus pacientes a terem uma boa alimentação, práticas saudáveis de exercícios físicos e bom humor, tudo em prol de uma melhor qualidade de vida.

Simples, não? Saúde e prevenção são amigas inseparáveis. Assim, precisamos cuidar de nossa vida com mais atenção e amor. Cuidando melhor de nossa saúde, podemos sorrir mais para a vida e com a vida! Viver bem é simples, pois depende só de você!

*Jornalista e mestre em comunicação. viverbem.blogspot.com ou consolacao@gmail.com




AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de Revista Mais. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Revista Mais poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.