Joana D’Arc Gomes

Uma mulher bem construída

Criado em 23 de Abril de 2020 Capa
A- A A+

Joana D’Arc Gomes Mapa de Oliveira transformou a afinidade com o mercado imobiliário em uma nova profissão e, hoje, é um dos pilares do segmento em Betim

...

A dificuldade de encontrar um imóvel de alto padrão que atendesse às expectativas foi a pedra fundamental para que a empresária Joana D’Arc Gomes Mapa de Oliveira, de 49 anos, se redescobrisse profissionalmente. Natural de Belo Horizonte, ela já morou em Contagem, na região metropolitana, em Curitiba (PR) e na Flórida (EUA). Em 2001, depois que o marido foi transferido da capital paranaense para Betim, fixou residência no município e, durante três anos, se deslocava diariamente até BH, onde trabalhava com comércio exterior. Com o tempo, porém, a rotina ficou cansativa, e ela decidiu sair do emprego.

Surgiu, então, a base de uma nova etapa da carreira de Joana, hoje consolidada no mercado imobiliário. “Como eu tinha acabado de construir a minha casa – minha segunda experiência com construção –, me identifiquei com esse trabalho e decidi erguer o meu primeiro prédio, em 2005, no [bairro] Jardim da Cidade. A partir daí, criei ainda mais afinidade com a profissão de incorporadora e, de lá para cá, já entreguei cerca de 50 apartamentos”, relembra.

A empresária, que se considera “mais betinense do que os próprios betinenses”, especializou-se em imóveis requintados e concentrou os negócios em um só bairro. Atualmente, contudo, ela também atua como corretora e comercializa casas em vários condomínios de Betim e apartamentos próximos à região central da cidade.

Revolução pessoal

Xará da heroína francesa que fez história no século XV, a Joana contemporânea é mais uma líder que não foge da luta. Hoje, ela está à frente de três empresas: a MJ Empreendimentos, a Mapa & Di Pietro Incorporações e a Di Joana Sua Boutique de Imóveis. Para chegar até aqui, no entanto, ela precisou travar batalhas contra o mesmo inimigo da época medieval: o machismo.

“Foi bastante difícil, porque havia muito preconceito. Como mulher, foi bem desafiador. Os empreiteiros que trabalham para mim sempre me respeitaram – minha equipe está comigo há 15 anos, e todos nos tornamos uma grande família –, porém alguns profissionais que me orientavam não davam muita confiança para o que eu falava. Meu marido sempre foi meu sócio, mas eu ficava mais por conta das obras. Então, algumas pessoas se surpreendiam por eu ser mulher e estar nesse ramo”, conta a empresária, relembrando o início da profissão.

Sem temer os desafios, Joana foi demolindo a resistência e edificando a própria marca, a ponto de se tornar uma referência no segmento. À medida que os elogios eram recebidos e os clientes manifestavam satisfação com o trabalho dela, ela se empoderava cada vez mais. “Eu sempre me senti útil na construção, inovando e agregando alguma coisa. Isso me fortaleceu com o tempo”, diz.

Mais difícil do que lidar com a descrença masculina foi conciliar o trabalho com a maternidade, segundo a empresária. Apesar de ser muito profissional, Joana lamenta pelos momentos em que precisou se ausentar do convívio com os dois filhos para acompanhar as obras. “Com o meu marido foi mais fácil, porque ele viajava muito. Acho que por isso mesmo eu sinto que poderia ter ficado mais com as crianças”, confessa, derretendo-se pelos jovens, que agora vivem fora do Brasil: “Eles me enchem de orgulho”.

Apesar dos contratempos, a empreitada valeu a pena, na avaliação de Joana. “Não me vejo fora do ramo imobiliário, sem vender ou construir. Para mim nem é trabalho, porque eu sempre tive prazer no que eu faço”, conclui.

SERVIÇO

MJ Empreendimentos

Rua Felipe dos Santos, 674, Centro, Betim

Telefones: (31) 3787-3899 ou

(31) 99994-1482

Site: www.mjempreendimentos.com.br

E-mail: atendimento@mjempreendimentos.com.br

Mapa & Di Pietro Incorporações

Telefone: (31) 99994-1482

Di Joana Sua Boutique de Imóveis

Telefone: (31) 99994-1482

Site: www.dijoanaconsultoria.com.br

 




AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de Revista Mais. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Revista Mais poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.