Mullher de 40

POR DRA. ADRIANA LEMOS (CRM–32011)*

0
Criado em 15 de Julho de 2014 Cuidar
A- A A+

“ESSA MULHER BONITA, que já não é menina, mas a todos fasci­na.” O trecho da música de Roberto Carlos descreve poetica­mente a realidade de muitas mulheres que já viveram as pri­meiras quatro décadas. As experiências já vão se externando na aparência e no corpo, que começam a passar por alterações que independem da vontade ou do estado de espírito. A pele se mostra com certa flacidez, em razão da redução da produção do colágeno e da hidratação; as marcas de expressão e as primeiras rugas se evidenciam, começando a incomodar uma face que, antes, não precisava de tantos cuidados. Ao mesmo tempo, há a necessidade de manter seu posicionamento e crescimento no mercado de trabalho e também sua atenção à família.

Os pais da mulher de 40, geralmente, estão mais debilitados e precisam de maior atenção. Aos poucos, ela se vê ocupando a posição de uma geração intermediária entre duas que, de certa forma, dependem dela. Muitas vão se deixando levar pelos afa­zeres do dia a dia e, quando deparam o espelho, se entristecem ao perceberem que estão envelhecendo, que conseguem tem­po para tudo e para todos, menos para zelar por seu próprio corpo e saúde, o que gera uma angústia “inexplicável” ao enten­dimento daqueles que a rodeiam.

As cobranças da “vida moderna” são muitas e, se não houver um equilíbrio entre seus vários papéis e funções, alguma área fi­cará prejudicada, o que refletirá não só na sua própria vida, mas na da sua família e na da sociedade como um todo. A mulher de 40 é, sem dúvida alguma, um importante pilar da sociedade e deve se preocupar com seu bem-estar físico, mental e social, ou seja, deve buscar ser saudável fisicamente e emocionalmente. Para isso, suas escolhas diárias são fundamentais. A seguir, algu­mas dicas para você, que tem mais de 40 anos, manter o corpo e a mente sempre saudáveis:

  • Durma bem
  • Prefira alimentar-se mais de verduras, legumes, frutas, carnes magras, a alimentos industrializados, farinha bran­ca, gorduras e doces
  • Faça uma atividade física prazerosa e regularmente
  • Tenha uma agenda para programar-se entre trabalho, fa­mília e amigos
  • Limite-se em relação à internet, programações de TV, lu­gares, conversas e, até mesmo, pensamentos que não lhe acrescentam valores e princípios saudáveis
  • Priorize seu autocuidado diário, pelo menos com o uso de proteção solar e hidratação cutânea. Procure uma orientação dermatológica profissional, a fim de prevenir danos e rejuvenescer sua pele adequada e naturalmente
  • Reserve-se o direito de investir-se também financeiramen­te, mas com prudência, dentro do orçamento familiar, em coisas que fazem sentido e que tenham valor para você, com o objetivo de aumentar a autoestima
  • Resolva os “problemas” por prioridades e um de cada vez. Não sofra com todos ao mesmo tempo. Há alguns que independem de você
  • Não deposite muitas expectativas no outro para evitar frustrações. Faça o seu melhor sempre, com excelência em tudo
  • Faça um acompanhamento clínico e ginecológico, anu­almente
  • Aprofunde-se na sua fé e descubra o propósito de sua existência

Enfim, a sabedoria da mulher aos 40 anos é a somatória do aprendizado de suas experiências e também a base para saber viver a melhor fase da vida. Afinal, a vida começa aos 40!

*Membro da Academia Brasileira de Dermatologia, da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia e diretora administrativa da Clínica Yaga Laser & Cosmiatria – adriana@yaga.com.br. 




AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de Revista Mais. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Revista Mais poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.